O meu carrinho

Fechar carrinho

Apps que são verdadeiros amigos.

Apps que são verdadeiros amigos.
Publicado em

Ao viajar de carro por este lado do mundo  há algumas apps que nos facilitam a vida.

A primeira é claro o GPS. Não sei como é que antigamente viajavam com mapas e a perguntar qual o caminho.
Desconfio que um caminho que demora 2 horas perdessem 4 horas de tempo.
No GPS se temos internet é fácil mas às vezes nem sempre temos internet para descarregar o caminho e os planos mudam. Instalamos o HERE. É uma app gratuita que nos permite descarregar o mapa de cada país que vamos visitar. Não é 100% fiável. Às vezes tem coisas parvas como fazer-nos atravessar uma vila pelo meio porque o caminho é mais curto 500 metros, do que ir pela estrada nacional que é mais direto mas passa por fora da vila.
Foi assim que nos metemos numa estrada sem saída para a nossa carrinha, de tão estreita que era. Para virar para trás demoramos 1 hora teve que ser muito DES-PA-CI-TO. A realidade é que para estes lados mais remotos nem o Google ê muito confiável. Há momentos em que a estrada que nos manda não existe porque o percurso está mal traçado o mapa. Mesmo assim é melhor com o Here do que com um mapa!

A outra app indispensável para nós chama-se IOverlander
Funciona sem internet, apenas com o gps, é alimentada por viajantes de todo o mundo. E tem de tudo: parques de campismo, sítios para campismo selvagem, avisos pelas condições da estrada, restaurantes onde é possível estacionar, mecânicos, polícias corruptos,… Conta já com imensos sítios e tem dicas incríveis. Desde lavandarias com excelente Wi-Fi, estradas no meio de resorts onde até dá para entrar sem pagar, cafés com ótimos preços e boa comida, estacionamento gratuito. E ao usar podemos ir atualizando com os nossos comentários e dar algumas dicas.

Em terceiro lugar: Couchsurfing
Couchsurfing é uma comunidade a que pertenço desde 2007, a primeira vez que usei foi quando fui estudar para Barcelona e queria conhecer pessoas mas não sabia por onde começar.
Depois recebi alguns Couchsurfers em minha casa e foi uma experiência única. Até chegar ao México e começar a usar para ficar hospedada em casa das pessoas. Sempre tive algum receio de usar porque não queria que as pessoas sentissem que só procurávamos um lugar gratuito para ficar! Mas na nossa viagem queríamos mesmo conhecer pessoas dos sítios onde estávamos, queríamos que a viagem fosse muito rica e ao começarmos a ficar em couchsurfings percebemos que era o caminho certo. Pessoas extremamente simpáticas, curiosas pelo mundo, que partilham muitos ideais connosco. Aqui basta dizer onde queremos ficar, quando, e no nosso caso escolher um local que permitam animais. Ler os perfis, escolher a pessoa com quem nos identificamos e fazer o pedido. No México tem sido relativamente fácil, claro que em algumas zonas mais turísticas como playa del carmen foi mais difícil mas também não tentamos com muita antecedência.

Depois o normal e que aí também já usávamos: AirBnB, Booking e claro todas as apps das redes sociais para estarmos sempre atualizados.

Olá, obrigado por mudar o mundo uma compra de cada vez

Faça parte da nossa lista de e-mails