O meu carrinho

Fechar carrinho

Toronto, a caminhar

Toronto, a caminhar
Publicado em
Em Toronto há entretenimento para todas as pessoas. Tivemos a sorte de ficar em casa de familiares e ir conhecer a cidade pelos seus olhos.

Como o Canada é um país grande, com uma das mais baixas densidades populacionais, as cidades são extensas e fomos preparados para caminhar. Ainda bem que calçamos sapatos confortáveis, só podia ser assim com os sapatos da Namorarte . Ao nosso lado seguiam a Duna e a Wells, a cadela dos nossos familiares que está a ser treinada como cão de serviço.


Os cães são permitidos em todos os transportes públicos de Toronto, e as pessoas adoram animais. Foi uma agradável surpresa para nós. Contudo, a Duna estava assustadisisma a andar de metro, rapidamente percebemos que andar de baixo da terra não é para ela.

Ao chegar à cidade começamos por um dos sítios mais irónicos do mundo, ao lado da Opera house em Sidney, e da Torre Eiffel em Paris, a CN Tower. É a segunda estrutura mais alta do mundo, 553m. Mesmo ao lado da torre temos o oceanário e o Rogers Center, para os amantes do desporto.

O desporto mais popular em Toronto é o hóquei no gelo, e depois o basquetebol. Ambos podem ser jogados no skydome.

Continuamos até à Union Station, estação de comboios que foi re-alocada, e agora se encontra em cima da sede da polícia secreta Canadiana. É um templo aos comboios, com belas carruagens antigas. Durante tempos foi a chegada de muitos imigrantes a esta cidade.


Seguimos a deambular por Toronto até à fonte mais gira para os fanáticos de cães. Mais de uma dúzia de cães olha para um osso que está no topo da fonte. Já aqui tínhamos referido como no Canadá tudo se resolve e todos são ouvidos. Os amantes de gatos criticaram a fonte não ter gatos, então foram colocados dois gatos a olhar para os cães com indiferença, típico dos nossos amigos. Aproveitamos a desculpa de estarmos com os nossos amigos de 4 patas para uma refeição "in-the-canadian -way", um Sandwich do Mr.Sub deliciosa, espero por eles ansiosamente em Portugal. E ali ficamos sentados num banco de jardim, com os cães cansados aos nossos pés.


Depois caminhamos até ao New City Hall. Em Toronto tudo é novo. Ao contrário ão da Europa onde temos uma relação com os edifícios, aqui ao construir a nova câmara municipal o governo disse que deitaria a velha abaixo mas a população não deixou e temos agora os dois edifícios lado-a-lado, com as letras de Toronto ao centro, fazendo com que os turistas se demorem nas fotos.


Como as nuvens teimavam em ficar, o dia estava com uma temperatura agradável o que nos permitiu continuar até Eaton Center. Uma das praças mais movimentadas, onde as luzes de neon, as lojas e as pessoas se misturam, dizendo-nos que estamos numa das cidades mais cosmopolita e cool do mundo.

Pelo caminho ainda passamos no passeio das estrelas Canadenses, onde a Nelly Furtado tem a sua estrela, e na graffiti lane, o nosso local preferido para fotografar.


Terminamos a jantar num dos locais mais cool de Toronto, o Sushi on Bloor. Oferecem uma sopa miso e gelado de chá verde como cortesia da casa, e depois foi só pedir, tempura, sushi e sashimi. Saímos de lá a rebolar mas era impossível não comer tudo, que delicia!

Dica - já sabemos que temos que apanhar as necessidades dos nossos amigos de 4 patas. Mas em Toronto temos uma multa de $350 se não o fizermos.


Fotos com Câmara Fujifilm X-T2

Olá, obrigado por mudar o mundo uma compra de cada vez

Faça parte da nossa lista de e-mails